23 de junho de 2013

Risotto de alheira

Cá em casa é regra que todos comem o mesmo às refeições - a partir do momento que o Bebé Cozinheiro começou mesmo a comer a "nossa" comida -, não há pedidos especiais. Mas para todas as regras há excepções e de tempos a tempos, quando se justifica, sabe bem quebrá-las.

Ontem foi um desses dias. Passámos grande parte do dia fora, chegámos às 20h00 a casa, era sábado e apetecía-nos um prato diferente, apetecía-nos... Risotto de alheira.



Risotto de alheira

Ingredientes:

2 litros de água + água q.b. para cozer a alheira
1 caldo de Knorr de legumes
1 alheira
1 cebola pequena
1 dente de alho
Azeite q.b.
225 g de arroz para risotto
1 copo de vinho branco
Sal e pimenta a gosto
Tomilho q.b.

Preparação:

Começar por preparar o caldo: colocar num tacho ou numa panela em lume alto os 2 litros de água e quando estiver prestes a começar a ferver adicionar o Knorr e deixar cozinhar 5 minutos. Transferir para um bico pequeno com o lume no mínimo, para que o caldo continue quente.

Colocar num tacho em lume alto a alheira submersa em água até ferver, desligar e retirar para um prato. Eu tentei cozinhá-la mais um pouco mais e rebentou. Don't panic! Se acontecer, verter para um escorredor. Retirar a pele e reservar a carne.

Picar bem a cebola e o alho - no meu caso, a cebola não ficou picada como queria, que é das novas e pôs-me a chorar de tal maneira que não via nada - colocar a cebola numa ponta do tacho e os alhos na outra com azeite q.b. para refogarem separadamente em lume médio-alto. Este truque é para o sabor do alho não ficar anulado pelo da cebola. 

Quando a cebola estiver translúcida o alho já deve estar alourado e é quando se juntam os dois e o arroz a seguir. Misturar bem até o arroz estar translúcido.



O arroz acabado de se juntar à cebola e ao alho

Adicionar o copo de vinho e mexer com frequência até que seja absorvido. E é aqui que damos uso ao caldo. Para vos dar conta da quantidade de caldo que usei, transferi 5 conchas de sopa para a chávena que usei para o arroz (enchi-a). Coloquei esta primeira chávena de caldo (quente, lembram-se?) no arroz e mexi de vez em quando. Quando absorveu um pouco mais de metade, voltei a adicionar outra chávena cheia de caldo. E ainda levou mais caldo: metade de uma chávena! Pára-se de adicionar caldo quando o arroz já está praticamente cozido (como na foto que se segue). É preciso provar!


Adicionar a alheira, envolver bem e provar novamente, para retificar os temperos, adicionando sal e pimenta q.b. e um pouco de tomilho.


A metade da alheira que não rebentou, mas usou-se tudo!


Envolver bem, desligar o lume e servir de imediato, com mais um pouco de tomilho.

No tacho assim que se desligou o lume...
... E no prato!

E que bem que nos soube! São servidos?


Bom apetite!

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

14 comentários:

  1. Olá...
    Que aspecto super delicioso e divinal :)....
    Beijocas...
    Leonor

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Leonor!
      Obrigada! E não é difícil de fazer, basta seguir a receita. Soube-nos pela vida!
      Um grande beijinho e boa semana :)

      Eliminar
  2. Que bom aspeto, deve ser uma delícia este risoto! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Maria João!
      Ficou mesmo bom, acredite! :)
      Beijinhos grandes e boa semana!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Olá, Luísa!
      Uma delícia!
      Um beijinho e boa semana :)

      Eliminar
  4. Nunca fiz com alheira, mas pelo aspecto deve ser uma delicia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Marisa!
      Experimente e depois diga-me se gostou. Não se vai arrepender, garanto-lhe. :)
      Um beijinho

      Eliminar
  5. Olá Ana,

    Mas vais ver que qualquer dia já o Bébé Cozinheiro vai adorar um risotto assim ! :)
    Por acaso nunca fiz risotto e já se faz tarde, pois é uma vergonha para mim ! :)
    Tenho mesmo de experimentar !
    Está fantástico este teu, cremoso e com algo que adoro: alheira ! :)
    Só pode ser ma grande delicia ! :)

    Beijinhos grandes**

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http:\\brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Isabel!
      É verdade, o tempo passa num instante e mais uns meses o Bebé Cozinheiro passa a Infante Cozinheiro. Deus meu!
      Não digas isso, qual vergonha, qual quê!... Nunca é tarde para experimentar. E eu já fico feliz por quereres experimentar. Depois conta-me!
      Beijinhos grandes, minha querida :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Olá, Filomena!
      Obrigada! :)
      Um grande beijinho

      Eliminar
  7. Parabéns pela receita. Ficámos com vontade de experimentar.

    ResponderEliminar

Olá!
Obrigada por visitar-nos e pelo comentário. :)
Da Nossa Cozinha leve também um abraço!
A Cozinheira e O Cozinheiro