29 de abril de 2013

Delícia (delícia!) de morango





Neste sábado houve festa! Os pais d'O Cozinheiro fizeram 38 anos de casados (Ai, ai, tão bom! Muitas felicidades, sogrinhos!) e eu fiz questão, como sempre, de preparar algo. O dia acabou por ser atípico e tive de optar por uma sobremesa rápida. E fui ao outro lado do Atlântico buscar a receita, ao blogue Mundo Gastronomic!, e adaptei-a. Fez sucesso, o meu sogro até me deu os Parabéns!

Ingredientes:

- 1 lata de leite condensado (397 g)
- 1 lata de leite evaporado (410 g)
- 2 limões
- 18 bolachas Triunfo Minis Manteiga
- Morangos q.b.
- 50 g de chocolate com 74% de cacau
- 4 colheres de sopa de leite
- Chocolate branco q.b.

Preparação:

Começar por lavar e cortar às rodelas alguns morangos, escorrer bem e reservar.

Colocar num liquidificador - utilizei a Bimby -  o leite condensado, o leite evaporado e o sumo dos limões durante dois minutos. Programei a Bimby 2 Min / Vel 4. E temos uma mousse de limão!




Colocar 1/3 deste preparado na taça que se pretende levar à mesa, que vamos começar a fazer camadas. Depois desta primeira camada coloquei as seguintes:

- Morangos
- 1/3 da mousse de limão
- Bolachas
- A restante mousse de limão
- Morangos


Para nós são novidade e ficaram aqui bem.


Vamos preparar o chocolate amargo: colocar num recipiente o chocolate partido aos pedaços com 2 colheres de sopa de leite e levar ao microondas durante 20 segundos. Mexer bem, juntar mais duas colheres de sopa de leite e programar mais 10 segundos.
Decorar a gosto. Coloquei um pouco de chocolate em cima de cada morango, com a ajuda de uma colher, e finalizei com raspas de chocolate de branco.



Levar 1 hora ao frigorífico. Se for para consumir no dia seguinte não coloquem morangos na decoração final. 

Quando provarem é uma delícia de sabores: a mousse de limão, o contraste de um pedaço de chocolate amargo, um pedaço de bolacha que se desfaz, um morango... Mnhum! Mnhum!

Agora em português do Brasil:
Valeu, Felipe, do Mundo Gastronomic! Sou sua fã, no blogue e no Facebook!
Um beijo pra você!

E vocês vão lá também, que o Felipe é uma simpatia.
Boa semana!

A Cozinheira

27 de abril de 2013

Pita Shoarma Da Nossa Cozinha




No feriado apeteceu-nos fast food, a'O Cozinheiro e a mim. Mas com um Bebé Cozinheiro temos de controlar estes desejos repentinos. Aliás, éramos incapazes de sair de casa para um shopping para matar a vontade. Além do mais, o Bebé Cozinheiro está a mudar (mesmo) para a nossa comida, nada de fazer (muitos) disparates.

À Mamã Cozinheira apeteceu Pita Shoarma e Pita Shoarma saiu Da Nossa Cozinha! Mas adaptada a crianças, ou seja, a carne utilizada foi de perú, nada de especiarias, só sal e sumo de lima.

Nós, adultos, lambuzámo-nos com a Pita Shoarma e o Bebé Cozinheiro comeu a mesma carne, mas no prato, com arroz e cenoura ralada, e roubou 2 ou 3 batatinhas.

Fica aqui a sugestão para uma das refeições deste fim-de-semana!


Ingredientes:

Molho:
2 dentes de alho
55 g de maionese
3 colheres de sopa de natas ácidas
2 colheres de chá de salsa picada
2 colheres de chá de água

Pita:

2 bifes de perú temperados com sal
1/2 lima
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de Becel líquida
4 folhas de alface
1 cenoura
2 pães pita de compra*

* Sobraram-nos 4 pães, que congelámos, podendo assim estar até 3 meses.

Preparação:

Molho Shoarma:

Colocar os dentes de alho descascados no copo da Bimby e programar 5 Seg / Vel 6. Baixar com a espátula e programar 2 Seg / Vel 6.

Adicionar a maionese, as natas e a salsa e programar 15 Seg / Vel 4.

Por fim, acrescentar a água e programar 5 Seg / Vel 4.

Para quem não gosta assim tanto de alho reduzir para 1 dente de alho. O nosso molho ficou consistente. Quem o preferir mais líquido, ir juntando água até obter a consistência pretendida.

Retirar para uma taça e colocar no frigorífico.




Pita:

Cortar os bifes de perú aos quadrados (não muito grandes), colocar numa taça e regar com o sumo de lima. Reservar.

Lavar a alface, deixar escorrer bem, cortar em juliana e reservar.

Descascar a cenoura, lavar e ralar. Reservar.

Colocar numa frigideira, de preferência anti-aderente, o azeite e a margarina e quando começar a ferver juntar a carne e fritar, de todos os lados. Reservar.

Salpicar os pães pita com um pouco de água, em ambos os lados, e colocar na torradeira (nós pusemos no n.º 1 três vezes). Retirar, recortar um dos topos dos dois pães e encher cada um com um pouco de:

1.º Alface;
2.º Cenoura;
3.º Molho Shoarma;
4.º Carne.

E repetir tudo novamente.

Acompanhámos com batatinhas noisette fritas na Actifry. Se quiserem este acompanhamento e ter tudo pronto ao mesmo tempo, depois de fazerem o molho coloquem as batatas a fritar com meia colher medidora de óleo durante 25 minutos.

Está pronto a servir!



Quem quer provar a nossa Pita Shoarma? :)

A Cozinheira

23 de abril de 2013

Bolo-Pudim de Chocolate e Laranja




Demorei a escrever este post, eu, que tenho pensamento rápido e mudo de assunto à velocidade da luz. Quando nos expomos, quando demonstramos os nossos sentimentos as coisas mudam de figura... Para vocês, este é um Bolo-Pudim de Chocolate e Laranja (tentador, espero)... A mim traz-me muitas recordações.

Há seis anos (como o tempo passa!) estava a minha querida I. e eu num Dom Café, na nossa hora de almoço, a beber café e a pôr a conversa em dia, conversa essa que nunca teria fim, não fossem os horários a cumprir (já vos disse que detesto horários rígidos?). E eu muitas vezes não resistia e pedia uma fatia de bolo-pudim, que saboreava colher a colher enquanto a I. sorria, com aquele sorriso rasgado e lindo, encantada a olhar para a minha gulodice.

Este fim-de-semana lembrei-me da I. e apeteceu-me bolo-pudim, em honra destes tempos e desta amizade tão forte. E apeteceu-me ter o horário dessa época (só isso), chegar a casa às 18h30 e ter tempo. Simplesmente ter (mais) tempo... Procurei uma receita o mais parecida possível com o bolo-pudim que me diz tanto e encontrei-a aqui (e mais uma vez a Vânia não me deixou ficar mal :)).

E sabem que mais? Quando os laços são fortes há uma energia tão grande, tão mágica, tão... Neste mesmo dia, o meu telemóvel tocou. Era a I. "Olá, minha querida! Estás boa?", disse-me ela, "Nem sabes, tenho pensado o dia todo em ti...".



Ingredientes:

Para o pudim:

4 ovos
1 lata de leite condensado
1 chávena de sumo de laranja
1 colher de chá de amido de milho

1 colher de sopa de caramelo (não está na receita original)
Caramelo q.b. para untar a forma


Para o bolo:

4 ovos
1 chávena de açúcar (coloquei 7/8, sensivelmente 200 g)
1 chávena de chocolate em pó (coloquei também 7/8)
1 chávena de leite
2 chávenas de farinha com fermento para bolos Branca de Neve (Fina)
1 colher de sopa de fermento (Royal)
Raspa de uma laranja
(pudim)
1 chávena = 240 ml

Preparação:

Untar bem uma forma grande (usei de bolo, como podem ver) com caramelo. Reservar.

Ligar o forno a 200º C.

Colocar todos os ingredientes para o pudim numa taça, misturar bem com a batedeira eléctrica, e verter para a forma. Reservar.




Vamos agora ao bolo:

Começamos por separar as gemas das claras e batemos estas últimas em castelo.

Juntar as gemas ao açúcar, misturar até formar um creme esbranquiçado e depois adicionar às claras em castelo e envolver tudo.

Adicionar o chocolate em pó e o leite e bater bem.

Finalmente, juntar a farinha, o fermento e as raspas da laranja no preparado e envolver suavemente.

Deitar com cuidado na forma, por cima do pudim.





Calma, que ambos, momentaneamente, vão misturar-se. Mas cozinhar tem o seu quê de mágico. Não acreditam? Então coloquem a forma no forno em banho-maria e fiquem a olhar... O pudim volta para o seu sítio, em baixo, enquanto a massa do bolo se mantém linda no topo.

Como é que fiz o banho-maria? Coloquei a forma dentro de um tabuleiro inox, fervi no jarro eléctrico 1,6 l de água (a capacidade máxima do nosso), coloquei-a no tabuleiro e pus tudo no forno.



A receita original diz para levar ao forno em banho-maria durante 50 minutos. Contudo, cada forno é um forno... No nosso esteve 44 minutos e na próxima ainda vai estar menos.

Desenformar apenas quando estiver totalmente frio.






Esta fatia é para a minha querida I. Mas vou partir mais... Quem quer? :)





A Cozinheira


21 de abril de 2013

I can see clearly now the rain is gone...



Durante a semana é uma correria para sair de casa... Com a chuva e o frio que se fizeram sentir até há bem pouco tempo temos estado todos colados à cama de manhã. O horário de verão foi recebido de braços abertos, mas não alterou uma vírgula à nossa preguiça matinal.

Chegados ao domingo, o ritmo matinal é diferente. Pomos a correria para trás das costas (Correria? Qual correria?!), o pequeno-almoço é tomado com calma e até é possível preparar um sumo como este que vos trazemos, com características drenantes. Sim, ladies, que a praia já está aí!!!

Ingredientes:

200 ml de água de coco (comprei no Continente e é para estar no frigorífico antes e depois de aberta)

60 g de abacaxi
30 g de mamão
20 g de beterraba
1 pé de salsa
1 colher de chá de mel

Preparação:


Bater tudo num liquidificador ou colocar na Bimby todos os ingredientes e programar 15 Seg / Vel 9.

Servir fresco.

Rende um copo como o da foto.
 



Eu não sou apreciadora de beterraba pelo seu sabor a terra. Contudo, neste sumo e nesta quantidade a beterraba não incomoda. E é a ela que devemos esta cor lindíssima.

Bom domingo!

A Cozinheira

19 de abril de 2013

Patê fresh num vapt-vupt




Da Nossa Cozinha saiu este patê fresh, que, convenhamos, é mais chic do que "fresquinho", o primeiro adjectivo que nos veio ao pensamento. E é fresco pelo apontamento de coentros, que torna bastante agradável e nada enjoativa esta entrada.
Ah, quanto ao vapt-vupt... São 15 segundos na Bimby e está pronto a ir diretamente para a mesa! Nós acompanhámos com broa de milho. Quem é que nos faz companhia? :)


Ingredientes:
4 barras de delícias do mar (60 g) congeladas
20 g de cenoura sem pele
30 g de pickles
80 g de queijo Philadelphia Light
2 colheres de sopa de maionese 
1 pé de coentros

Preparação:
Colocar no copo da Bimby as delícias do mar e a cenoura e programar 5 Seg / Vel 7.
Acrescentar os pickles, o queijo-creme, a maionese e os coentros e programar 5 Seg / Vel 6.
Por fim, baixar o que está na parede do copo com a espátula e programar novamente 5 Seg / Vel 6.


Bom fim-de-semana!

A Cozinheira

17 de abril de 2013

Batatinhas novas fritas & Bifes com molho 3 queijos e cogumelos



Quem tem horários complicados (check!), filhos pequenos (temos um, check!) e andar a mil desde o acordar até ao deitar (check, check, check!) de segunda a sexta-feira, às vezes ainda tem de guardar um neurónio ou dois para destinar o jantar. Esta é uma sugestão de uma refeição rápida e reconfortante, para esquecer as chatices do dia-a-dia: Batatinhas novas fritas & Bifes com molho 3 queijos e cogumelos.

OK, não é ideal para manter a linha... Mas, em minha defesa, alego que:

1. As batatinhas foram fritas na Actifry, 'tá?
2. O molho, com os cogumelos, fica de comer e chorar por mais!
3. Faz-se tudo em 25 minutos.


BATATINHAS NOVAS FRITAS - ACTIFRY

Ingredientes:

600 g de batatas novas descascadas e cortadas aos cubos
6 dentes de alho descascados
1/2 colher medidora da Actifry de óleo (usamos Fula)

Preparação:

Colocar todos os ingredientes na Actifry e programar 25 minutos.




(Quando o programa da Actifry estiver a meio está na altura de cozinharmos a carne.)

Retirar os alhos e colocar sal a gosto. As batatas estavam com um saborzinho tão bom a alho que não pusemos sal. 






BIFES COM MOLHO 3 QUEIJOS E COGUMELOS

Ingredientes:

2 bifes de vaca temperados previamente com sal, alho e folhas de louro
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de margarina (usamos Vaqueiro)
1 lata de cogumelos laminados (185 g peso líquido escorrido)
1 pacote de natas com 3 Queijos (200 ml)

Preparação:

Retirar os alhos e as folhas de louro dos bifes e reservar.

Colocar numa frigideira ao lume o azeite e a margarina e quando começar a ferver juntar os bifes. Fritá-los em lume médio-alto de ambos os lados, sem deixar queimar o molho.





Adicionar os cogumelos bem escorridos, envolver e deixá-los cozinhar 3 minutos, aproximadamente (não esquecer virar os bifes a meio).

Por fim, juntar as natas, misturar bem e deixar 3 minutos em lume médio-alto e 3 minutos no mínimo, para deixar apurar, indo virando a carne.   





Estão prontos a servir! Humm...

Alguém é servido? :)

A Cozinheira

14 de abril de 2013

Nespresso com Natas no Dia Internacional do Café





Gostamos muito de café! Eu prefiro o meu mais para o cheio e O Cozinheiro gosta dele curto, mas ambos não dispensamos o açúcar. Neste Dia Internacional do Café bebemos um que guardamos para dias especiais: Nespresso com Natas. Sabe tão bem beber fora de casa... Por que não criar estes momentos? Fica a lembrança e o modo de fazermos o chantilly na Bimby.

Chantilly

Ingredientes:

1 pacote de natas (200 ml) com 35% de gordura (usei Milbona, do Lidl)
1 e 1/2 colher de sopa de açúcar (15 g)

Preparação:

Previamente passar as natas do frigorífico para o congelador e deixar lá ficar 30 minutos.

Colocar no copo da Bimby as natas e o açúcar e programar 2 Min / Vel 3 e 1/2.



15 segundos antes de terminar parar e baixar o chantilly que está na parede do copo (e para controlar e evitar bater em excesso) e então continuar os últimos segundos.

Rende a quantidade que está na taça.




Tirámos dois Volluto na Nespresso e colocámos um pouco de chantilly. O restante foi para uns morangos... Hummm...

Vai um cafezinho com natas?

Boa semana!

A Cozinheira

13 de abril de 2013

Oh happy day! Oh happy daaay!





Hoje comecei muito bem o dia... Para além de ser sábado (Yeah!), de estar sol (Hip Hip Hurray!), por acaso descobri que o Da Nossa Cozinha integra o Food Blogs Nacionais, um directório de blogues de culinária, do Cooking World. Fiquei tão, mas tão feliz! Se me emociono quando descubro o nosso blogue entre os preferidos de outras blogguers (sinto um misto de honra e responsabilidade), hoje então... Por sermos ainda "bebés", por nos terem descoberto, por estarmos entre blogues tão bons e conceituados... Muito obrigada, Cooking World!

Eu cheguei até este directório e blogue pessoal através d'As Aventuras de uma Mamã e de uma entrevista fantástica à querida Mena - e adorei! Por isso, em forma de agradecimento a ambos os blogues decidi arriscar e fazer um Bundt da "Senhora dos Bundts", a Mena. Mas estive até ao último momento a ver se a minha modesta homenagem corria bem, não porque duvidasse da receita, mas porque não tinha todos os ingredientes e fiz alterações, era a primeira vez que ia usar a forma (e não é daquelas fantásticas da Nordic Ware)... Mas a aventura terminou bem! Habemus Bundt Cake!



BUNDT CAKE DE CERVEJA E CHOCOLATE

Ingredientes:

235 ml de cerveja Sagres Mini (não tinha Guiness em casa, como a receita original)
250 g de manteiga sem sal
50 g de chocolate em pó 
280 g de farinha com fermento para bolos Branca de Neve (Fina)
300 g de açúcar
1 colher e 1/2 de chá de bicabornato
3/4 de uma colher de chá de sal
4 ovos L
200 g de natas ácidas (comprei no Aldi)

Para enfeitar:

Açúcar em pó q.b.
Chocolate em pó q.b.

Preparação:

Untar a forma, que tem de ser grande, com margarina e farinha e reservar.
(Como foi a primeira vez que utilizei esta forma de silicone pus-lhe óleo e retirei o excesso com papel de cozinha e depois polvilhei-a com farinha.)

Colocar a manteiga e a cerveja num tacho e levar ao lume até começar a ferver. Assim que começar a ebulição adicionar o chocolate e mexer bem acom uma vara de arames até que esteja bem dissolvido. Reservar e deixar arrefecer.




Ligar o forno a 170º C.

Peneirar a farinha, o bicabornato e o sal. Reservar.

Numa taça bater o açúcar, os ovos e as natas ácidas até estarem bem misturados. Adicionar a mistura do cacau e manteiga e bater até a mistura estar homogénea.

Por fim, adicionar em duas vezes a farinha com o bicabornato e o sal.



Verter a massa para a forma e levar ao forno 35 a 40 minutos ou até o palito sair seco (no nosso forno foram 53 minutos).

Retirar do forno e deixar arrefecer durante 10 minutos sobre uma grelha e só depois desenformar. 


Deixar arrefecer completamente e polvilhar primeiro com açúcar em pó a gosto  e depois com um pouco de chocolate em pó.

(A receita original está aqui.)




É DE-LI-CI-O-SO! E tão fofo... Esta fatia é minha e já vai a meio, desculpem. Tirem outra, à vontade, e saboreiem.




Mena, a ti agradeço-te a amizade, a presença e a cumplicidade.

Beijinhos e bom fim-de-semana!

A Cozinheira

11 de abril de 2013

as miguelinhas e um agradecimento





Recebemos estas Bolachinhas de Sousel, as miguelinhas, que têm uma particularidade que fez as delícias Da Nossa Cozinha: contêm alfazema! O sabor é para além de agradável e o aroma, bem, o aroma...



Bebam um café e provem uma!

Obrigada, querida C.! Estamos desejosos de conhecer o teu blogue, que aguardamos a todo o momento, sim?

Um beijinho!

A Cozinheira

9 de abril de 2013

Rodízio de pizzas

Pizza Portuguesa Da Nossa Cozinha

Nada como um rodízio de pizzas para comer até não "caber" mais.

Para começar temos de fazer a massa das pizzas.
 
Ingredientes:

200 g de água
50 g de azeite
1 colher de chá de sal
500 g de farinha com fermento para bolos Branca de Neve (Fina)

25 g de fermento fresco de padeiro

Preparação:

No copo colocar a água, o azeite, o sal e o fermento fresco e programar 1 Min / 37º / Vel 2.
Adicionar a farinha e programar 2 Min / Vel Espiga.
Retirar o copo e envolvê-lo com uma manta polar ou cobertor e deixar a massa levedar até dobrar de volume (cerca de 30 minutos). Como não estávamos com pressa a nossa levedou 50 minutos e ficou assim.




Pré-aquecer o forno a 180º C.
Polvilhar a bancada da cozinha com farinha e com a ajuda de um rolo estender a massa até que fique fina e depois cortá-la com uma forma redonda (por exemplo, as de fundo removível). Faz 4 bases de pizza.


PIZZA PORTUGUESA DA NOSSA COZINHA

Ingredientes:
 
Polpa de tomate q.b.
Queijo eddam fatiado q.b.
Cogumelos frescos laminados q.b.
Rodelas de chouriço q.b.
Azeitonas q.b.
Óregãos q.b.

Preparação:
 
Sobre a massa espalhar polpa de tomate com a ajuda de uma colher de sopa, colocar por cima pedaços de queijo, cogumelos laminados, rodelas de chouriço e azeitonas a gosto. Polvilhar com óregãos e levar ao forno cerca de 30 minutos.


PIZZA DE FIAMBRE E COGUMELOS




Ingredientes:

Polpa de tomate q.b.
Queijo eddam fatiado q.b.
Cogumelos frescos laminados q.b.
Fiambre fatiado q.b.
Óregãos q.b.

Preparação:

Sobre a massa espalhar polpa de tomate com a ajuda de uma colher de sopa, colocar por cima pedaços de queijo, cogumelos laminados e fiambre. Polvilhar com óregãos e levar ao forno cerca de 30 minutos.


PIZZA DE ATUM DA NOSSA COZINHA


Ingredientes:
 
Polpa de tomate q.b.
Queijo eddam fatiado q.b.
Cogumelos frescos laminados q.b.
1 lata de atum
Pêssegos cortados q.b.
Azeitonas q.b.
Óregãos q.b.

Preparação:
 
Sobre a massa espalhar polpa de tomate com a ajuda de uma colher de sopa, colocar por cima pedaços de queijo, cogumelos laminados, o atum bem escorrido, pedaços de pêssegos e azeitonas a gosto. Polvilhar com óregãos e levar ao forno cerca de 30 minutos.

PIZZA DOCE DA NOSSA COZINHA


 
Ingredientes:
 
Banana cortada às rodelas q.b. (usámos congelada)
Pêssegos cortados q.b.
Canela q.b.

Preparação:
Sobre a massa colocar a banana e os pedaços de pêssegos. Polvilhar com canela e levar ao forno cerca de 30 minutos.
Bom apetite!

O Cozinheiro

5 de abril de 2013

Bolo de maçã reineta






Mais um bolinho caseiro de fazer crescer água na boca. Este é parente do Bolo de iogurte e natas, mas é mais húmido, com a maçã reineta a desfazer-se na boca. Uma tentação! Até o Bebé Cozinheiro não resistiu, como podem ver... :)





Ingredientes:
3 ovos
2 chávenas e meia de açúcar (140 g)
3 chávenas de farinha sem fermento (180 g)
2 colheres de chá de fermento em pó
1 chávena de leite
1/4 da chávena de óleo
325 g de maçã reineta descascada
1 chávena = 115 ml
Preparação:
Untar uma forma com margarina e polvilhá-la com farinha. Reservar.
Pré-aquecer o forno a 200º C.
Descascar as maçãs reinetas em quartos e depois laminá-las (mas não finamente porque não queremos que a maçã desapareça totalmente no bolo depois de cozido) e forrar todo o interior da forma.



Numa taça juntar os ovos inteiros com o açúcar e mexer muito bem (basta com uma colher-de-pau).

Adicionar a farinha e o fermento e voltar a mexer bem.

Por fim, acrescentar o leite e o óleo até a massa fazer "bolhinhas".





Verter para a forma e levar ao forno durante 40 minutos ou até estar cozido (no nosso forno cozeu durante 43 minutos).




Deixar arrefecer para desenformar.




Deliciem-se!




A Cozinheira

2 de abril de 2013

Smoothie Detox





Depois de um fim de semana cheio de iguarias não me saía da cabeça uma bebida detox. E quando eu meto uma coisa na cabeça... Por isso, aqui está um Smoothie Detox, uma bebida saudável à base de fruta que é cremosa e que simultaneamente ajuda a desintoxicar o organismo. Pode ser preparado com uns cubos de gelo para que fique semi-gelado (como o tempo ainda está fresco dispensei o gelo). É óptimo a qualquer hora!

Ingredientes:

150 g de papaia madura (já sem a casca e sem as sementes)
1 iogurte natural
2 colheres de sopa de flocos tostados de fibra integral (comprei no Celeiro)
1 colher de sobremesa de linhaça dourada integral (comprei no Celeiro)
Açúcar mascavado a gosto

Preparação:

Bater tudo num liquidificador ou colocar na Bimby todos os ingredientes e programar 30 Seg / Vel 9.

Servir fresco.

Rende um copo como o da foto.

Um brinde à Primavera e ao horário de Verão, pode ser? Tchim-Tchim!

A Cozinheira



1 de abril de 2013

Bacalhau com camarão





Sou gulosa, mas a Páscoa foi há muito pouco tempo... Por isso, vamos lá a um prato de bacalhau para desenjoar os doces. Cozi e desfiei duas postas e pus-me a pensar o que fazer com ele. Peguei num pacote de béchamel Levíssima da Parmalat (tem menos 50% de gordura) e tinha lá esta receita, que adaptei. Confesso que não é um hábito meu seguir estas dicas, mas a surpresa foi tão agradável que tenho de reconsiderar. Moral da história: Devemos seguir os nossos instintos.

Ingredientes:

2 cebolas grandes
2 dentes de alho
2 cenouras
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de manteiga (utilizei margarina)
700 g de bacalhau
500 ml de béchamel Levíssima Parmalat
250 g de camarão cozido
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1 colher de sopa de pão ralado
Manteiga para decorar (não o fiz)

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180º C.

Cozer o bacalhau, limpar de peles e espinhas e lascar. Reservar.

Picar as cebolas e os alho, cortar a cenoura às rodelas e refogar no azeite e na margarina.

Depois de alourar acrescentar o bacalhau desfiado e deixar refogar mais um pouco. Mexer bem, desfazendo, até formar um puré.

Quem já tiver o camarão cozido, adiciona metade do béchamel e o camarão ao puré. Nós tínhamos no congelador sem estar cozinhado, por isso, juntámo-lo ao puré e deixámos cozinhar até estar no ponto e só depois juntámos os 250 ml de béchamel.

Envolver e colocar num pirex. Colocar por cima o restante béchamel e polvilhar com o queijo ralado e o pão ralado (tinha ambos prontos a usar no congelador).

A receita indicava cobrir com nozinhas de manteiga, mas saltei essa parte. Levar ao forno até gratinar.

Bom apetite!

A Cozinheira