29 de agosto de 2013

Da Nossa Cozinha no Receitas sem Fronteiras # Entrevista

Olá!
E hoje que íamos publicar mais um "Hoje na Cozinha está..." nós é que fomos surpreendidos!
Querem conhecer-nos um pouco melhor? Então não percam a entrevista que demos ao Receitas sem Fronteiras, um site de receitas, culinária e gastronomia. A entrevista está AQUI.



Muito obrigada, Receitas sem Fronteiras, pelo convite!

A Cozinheira
  
Para acompanhar o Da Nossa Cozinha no Facebook é AQUI.
No Instagram procurem-nos por @danossacozinha.



28 de agosto de 2013

Bolo húmido de côco e Instagram # Novidade

A nossa zona tem microclima, tal como Sintra. Em Lisboa é capaz de estar um calor abrasador e aqui parece que estamos em Londres, com o tempo encoberto e fresco. E não estamos assim TÃO longe!... Por isso, não estranhem encontrarem no blogue receitas de comfort food em pleno Verão... É que aqui apetece!




Por outro lado, vocês já sabem que nós somos dados a comemorações. Este bolo é para comemorarmos a nossa entrada no Instagram e é mais uma forma de nos conhecerem um pouco melhor e aos nossos gostos. O blogue é o blogue, o Facebook do blogue é Facebook do blogue e o Instagram... Bom, já perceberam. A ideia é serem plataformas diferentes, mas complementares, todas Da Nossa Cozinha. E porquê o Instagram e não o Pinterest? Porque são diferentes: para nós, o primeiro para momentos (reais) do dia-a-dia que valem a pena serem registados e o segundo para momentos perfeitos.

Para encontrarem o nosso Instagram procurem-nos por @danossacozinha, que mostra esses nossos momentos guardados em fotos várias, ligadas à gastronomia  e não só. Esperamos que gostem e que nos acompanhem. Quem (ainda) não tem Instagram pode espreitar no Facebook. E estamos a preparar mais novidades! Stay tuned!


@danossacozinha

E agora o bolo!

Bolo húmido de côco
Adaptação daqui, que tem o método tradicional.

Ingredientes:

Para o bolo:

4 ovos
250 g de farinha (usei com fermento)
150 g de açúcar
125 g de manteiga (à temperatura ambiente)
50 g de côco ralado
1 colher de chá de fermento
6 colheres de sopa de leite

Para a calda:

2 chávenas de açúcar
3 chávenas de leite
3 colheres de sopa de côco ralado

1 chávena = 115 ml

Preparação:

Bolo:

Untar uma forma sem buraco com margarina e polvilhá-la com farinha e reservar.

Ligar o forno a 180º C, para pré-aquecer.
Por engano, coloquei todos os ingredientes no copo da Bimby... Mas decidi fazer na mesma a receita e correu bem! Programar 30 Seg / Vel 6.


Verter para a forma, com a ajuda da espátula, e colocar no forno até estar cozido. No nosso forno esteve 1 hora. Retirar e deixar arrefecer 10 minutos antes de colocar a calda.


Calda:
Colocar num fervedor ou tacho pequeno todos os ingredientes e levar ao lume até levantar fervura. A receita original dizia para ir mexendo sempre, mas não o fiz. Mexi de vez em quando e quando começou a fazer o barulhinho de querer ferver, aí sim, fiquei sempre a mexer.
Fiz a calda enquanto o bolo estava no forno e quando verti para o bolo estava já morna. Antes de verter picar o bolo com um palito. Não é calda a mais e não tenham medo de usá-la toda, que o bolo não se afoga. :)


Quem trata das bebidas, que nós já estamos a servir o bolo?!

A Cozinheira


Da Nossa Cozinha

21 de agosto de 2013

Sumo de melancia e um saboroso brunch...

Depois de um dia planeado para ir ver a Exposição de Joana Vasconcelos (termina domingo, dia 25 deste mês!) no Palácio da Ajuda e um belo de um brunch pelas redondezas... E o filme A Gaiola Dourada ....

Adivinhem... Longas horas nas filas quer para a compra do bilhete quer depois para entrar... Mas valeu bem a pena. :))

Mas os planos ficaram-se só mesmo pela exposição... Decidi então fazer uma surpresa à Cozinheira e no fim-de-semana tivemos um brunch caseiro. :)) Como nunca tinha feito nenhum nem estado presente em nenhum deixei-me levar pela imaginação...





Brunch para 2

- Ovos mexidos (usei 4 ovos)
- 3 salsichas
- Meia torrada para cada um com manteiga
- 1/4 de torrada com Doce de Morango (feito cá em casa; A Cozinheira depois publica a receita)
- Sumo de melancia
 


Sumo de melancia
Fonte: Bimby - As receitas essenciais

Ingredientes:

500 g de melancia
45 g de açúcar (em vez dos 50 g da receita original)
1000 g de melancia com pevides e sem casca

Preparação:

Colocar no copo da Bimby todos os ingredientes e programar 2 Min / Vel 9.

Servir frio. Nós para bebermos no momento juntámos 4 cubos de gelo em cada copo.

E o brunch terminou assim: com Bolo Bolacha Surpresa e um belo café! A repetir, sem dúvida!



Aquele abraço.

O Cozinheiro

Da Nossa Cozinha

19 de agosto de 2013

Bolo Bolacha Surpresa

O Cozinheiro é fã de Bolo Bolacha, eu estou a aprender a gostar... Confesso que o meu racional fala mais alto e só consigo pensar - por muito bem que me saiba - na quantidade de gordura que estou a pôr à boca.

Há uns tempos fui almoçar com uma amiga e a sobremesa foi Bolo Bolacha e foi o melhor de sempre! Tinha algo crocante algures... Daí a ideia de incluir neste Bolo Bolacha Surpresa a amêndoa! E porquê surpresa? Porque cada vez mais me apetece fugir do standard, da manteiga e de que um Bolo Bolacha deve ser colocado numa forma amovível. Vamos escondê-lo, sim?




Bolo Bolacha Surpresa
Inspiração daqui

Ingredientes:

Bolachas Maria q.b. (quase 2 pacotes)
1 pacote de natas
1 lata de leite condensado cozido
2 folhas de gelatina incolor
25 g de amêndoas em granulado
3 colheres de chá de açúcar caramelizado
2 cafés Nespresso Vivalto Lungo

Preparação:

Cortar aos pedaços as folhas de gelatina e colocá-las em água abundante. Reservar.
Colocar numa frigideira anti-aderente quente num bico pequeno, mas em lume alto, as amêndoas para tostar. Quando ganhar cor adicionar o açúcar caramelizado, envolver bem e retirar para um recipiente. Reservar.


 Tirar os cafés e colocar num recipiente que dê para passar as bolachas Maria. Reservar.


Escorrer as folhas de gelatina, mas deixar alguma água e levar ao microondas durante 30 segundos. Reservar.
Bater as natas bem e adicionar o leite condensado cozido e bater novamente. Por fim, adicionar as folhas de gelatina e envolver bem.


Colocar em  seis tacinhas pouco maiores do que as bolachas Maria por camadas: uma bolacha Maria embebida em café, uma colher de chá do preparado anterior, uma bolacha Maria embebida em café. Usei ao todo 7 bolachas por taça, sendo que em cima do preparado da 3.ª e da 6.ª bolacha coloquei um pouco das amêndoas caramelizadas (vai sobrar, vamos usar para finalizar antes de servir). Terminar com a bolacha Maria embebida em café e encher a taça com o preparado.


 Levar ao frigorífico até ficar bem consistente. Colocámos cinco horas.
Triturar 60 g de bolachas Maria (usámos a Bimby), colocar q.b. no topo das taças e finalizar com amêndoa caramelizada.


Gostaram do nosso Bolo Bolacha Surpresa? Vejam bem este interior... Acreditem: sabe ainda melhor do que o que pensam! Quem quer provar?




A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

16 de agosto de 2013

Guest Post # Biscoitos ShortBread do Luísa Alexandra

A conversa com a Luísa Alexandra, do blogue Luísa Alexandra, foi TÃO agradável (ler aqui)! Estamos mesmo contentes por tê-la aqui connosco!

Agora ficamos ao som de uma das músicas preferidas da Luísa - Black, dos Pearl Jam - enquanto são preparados uns deliciosos biscoitos. O Da Nossa Cozinha é teu, querida Luísa!






Olá!
Sou conhecida como a menina dos biscoitos, pois faço sempre os biscoitos com o dispara-biscoitos (utensílio, aliás, que envio por correio a quem me pede). Por isso mesmo tinha que trazer uns biscoitos caseiros!
A maior parte dos meus vídeos é com receitas de biscoitos feitos com este utensílio.
Quero agradecer a oportunidade que me foi dada de aqui estar a falar um pouco mais de mim :)
A vida só tem sentido se for partilhada e os blogues servem para isso mesmo, para nos conhecermos melhor e para aprendermos e ensinarmos.
Ofereço a todos estes biscoitos caseiros, feitos com todo o carinho!



Biscoitos ShortBread

Ingredientes:

225 g de farinha de trigo
115 g de farinha maizena
1 pitada de flor de sal
Raspa de 2 limões
115 g de açúcar
225 g de margarina
Anis (a gosto)
Sementes de papoila (a gosto)




Preparação:

Na taça da KitchenAid colocam-se todos os ingredientes.

Coloca-se a pá de amassar e mistura-se tudo durante 1 minuto.

Retira-se a massa e coloca-se no cilindro do dispara-biscoitos.

Dispara-se para um tapete de silicone.

Leva-se a forno pré-aquecido a 190º C durante 7-10 minutos.

Retiram-se quando estiverem dourados e gosto.
Podem ver o vídeo desta receita aqui.

  



Luísa, nem imaginas o quanto gostamos de biscoitos, bolachinhas e afins... Vamos já preparar um café para todos para este momento tão especial de ter no Da Nossa Cozinha uma blogguer tão querida e seguida - nós incluídos nessa vasta legião de fãs! - que és tu! Adoramos os teus vídeos e acreditamos que muito em breve as sementes do teu trabalho virão a dar uma colheita tão abundante que mal terás mãos para agarrar nos frutos todos. :)

Se ainda não seguem a Luísa Alexandra nas restantes plataformas, para além do blogue e do Facebook, façam-no: YouTube, Google+, Pinterest, Instagram e Twitter.

Um grande beijinho para a Luísa Alexandra e outro para vocês!
A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

15 de agosto de 2013

Hoje na Cozinha está... Luísa Alexandra

Estamos perante uma mulher com um grande sorriso, bastante segura de si mesma e que sabe bem o que quer. Por isso, está em várias frentes: para além do blogue, encontram-na no Facebook, no Google+, no Pinterest, no Instagram e até no Twitter. Mas cativa-nos sobretudo pelos seus vídeos, que coloca no blogue e no seu canal de Youtube, em que se mostra como é. Hoje na Cozinha está... a Luísa Alexandra, autora do blogue com o mesmo nome.

Considera a sinceridade, simultaneamente, a sua maior qualidade e o seu pior defeito, é refilona e adora camarão. Vamos conhecê-la ainda melhor...





PERFIL
Nome:  Luísa Alexandra de Jesus Marques
Idade: 37 anos. Nasci a 15 de Março de 1976.
Naturalidade: Tomar. Nasci e cresci em Tomar. Morei em Carvalhos de Figueiredo, uma pequena aldeia muito próxima de Tomar até aos meus 17 anos, altura em que vim morar para Fátima, onde o meu pai sempre teve negócios.
Blogue: www.luisaalexandra.com (1.º post: 31.10.2007)
Prato que te sai sempre bem: Todos. O segredo para as receitas saírem bem é gostar do que se faz, e eu gosto imenso de cozinhar!
Tens sempre tempo para:  Para os meus filhos e para a minha família. São eles a minha felicidade e para a minha família tenho sempre tempo.

Luísa, por que criaste o Luísa Alexandra?

Criei o meu blogue quando o meu marido me ofereceu a minha primeira Bimby. Como não era uma máquina muito conhecida cá em Portugal, os blogues e fóruns eram os únicos locais onde se conseguiam receitas diferentes. Como seguia já alguns blogues portugueses de receitas para a Bimby resolvi criar o meu próprio blogue, também para ficar com um registo das receitas que fazia e as partilhar com as minhas amigas que também tinham Bimby.

Rapidamente comecei a colocar receitas feitas em outros tipos de máquinas ou do modo tradicional, pois gosto imenso de cozinhar tanto com os robots de cozinha como de modo tradicional.





Panquecas • Pancake Show

 Quem é a Luísa no dia-a-dia?

A minha formação e área profissional não têm absolutamente nada a ver com culinária. O blogue para mim é o meu passatempo preferido e onde gosto imenso de partilhar o que faço cá por casa. Sempre procurei na Internet ideias e receitas novas para as nossas refeições, e espero que o meu blogue traga aos outros também boas sugestões. É um meio de partilha e de conhecimento. Conheço imensas pessoas graças ao meu blogue e também através dele tenho tido experiências fantásticas!

Tal como as receitas que apresento, eu sou uma pessoa muito simples.
Dou muito valor à qualidade dos produtos que uso e o que mostro no meu blogue é o que consumimos cá por casa.

As refeições são expostas de uma maneira acessível e, acho eu, apelativa!

São qualidades que considero ter também, a simplicidade e a facilidade de fazer amizades.


 
De onde é que surgiu a paixão pela cozinha?
A minha Mãe é uma excelente cozinheira. Tal como a minha Avó Mariana e a minha Madrinha, que é irmã da minha Mãe. São elas as minhas professoras e inspiradoras. (sorriso)  
Medalhões de Pescada com Camarão Tigre em Whisky com Maionese de Alho e Arroz Sushi


Cozinhas todos os dias? O que te dá mais prazer cozinhar?

Sim, cozinho todos os dias. Faço jantar para mim, para o meu marido e para os meus filhos todos os dias. O almoço é sempre em casa dos meus pais.

O maior prazer que tenho ao cozinhar é o de poder sempre inventar. A culinária permite-nos dar asas à imaginação e, com algo simples, transformar por completo!


 Há proximidade entre ti e os teus seguidores (respondes a comentários, a e-mails...)? Porquê? 


Sem dúvida que sim. Aliás, faço questão de responder sempre às questões que me deixam no blogue ou na página de Facebook do blogue ou no canal de Youtube, bem como aos e-mails. As dúvidas são sinal de que leram e se interessaram pelo que escrevi!

Para mim não tem lógica ter um local de partilha se não interagir com quem me visita. são os comentários que recebo que me dão, muitas vezes, mais vontade de continuar e de tornar o blogue cada vez melhor.

O que te leva a partilhar uma receita?


Principalmente o prazer com que a faço. Se gostamos do que fazemos evidentemente que queremos partilhar isso com os outros. E considero amigos todos os que me visitam diariamente no blogue; o que há melhor do que partilhar com os amigos o que gostamos?


Mousse caseira de chocolate sem ovos


novos projectos?

Eu não consigo estar quieta. (sorrisos) Tenho sempre mil e uma ideias! Os vídeos foram “o próximo passo”, a maneira mais directa de mostrar as minhas receitas e de ter um contacto mais directo com os visitantes do meu blogue. Com os vídeos que tenho feito desde o final do ano passado é mais fácil mostrar “ao vivo” quem sou e como sou, como faço as coisas e a facilidade com que se consegue cozinhar. Os vídeos são todos de receitas fáceis, não costumam ter mais de 10 minutos, o que prova que em pouco tempo se conseguem preparar coisas deliciosas. Podem ser visualizados no meu blogue e também no meu canal de Youtube (ver aqui).
O que dizem as tuas mãos?

São mãos que nunca tiveram medo de trabalhar. Faço o que tiver que ser feito.

A não percam a receita da Luísa Alexandra amanhã no Da Nossa Cozinha!

 Estão a sorrir como nós?! <3

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

14 de agosto de 2013

Omelete de presunto e bacon

As aparências às vezes iludem...
Esta é uma sugestão para um jantar de rápida preparação. Não se deixem enganar, que, se provarem, querem mais!

O "Hoje na Cozinha está..." não está esquecido! Há mais muito em breve!

E hoje não escrevo mais porque estou parca em palavras. A minha vida - ACREDITEM - dava um filme... :)



Omelete de presunto e bacon
Adaptação: Momentos de Partilha, Outubro 2012

Ingredientes:

3 fatias de presunto
60 g de bacon
40 g de cebola
1 dente de alho
3 pés de salsa
10 g de azeite
4 ovos
Sal q.b.
Queijo ralado q.b.
800 g de água

Preparação:

Colocar no copo da Bimby o presunto e o bacon e programar 5 Seg / Vel 5. Reservar.

É a vez de colocar a cebola, o alho e a salsa e picar 5 Seg / Vel 5. Baixar com a ajuda da espátula, juntar o azeite e refogar 5 Min / Varoma / Vel 1.

Adicionar os ovos e o sal e programar 5 Seg / Vel 5.

Acrescentar o presunto e o bacon, envolvendo com a espátula. 

Forrar o tabuleiro da Varoma com papel vegetal anti-aderente e verter o preparado e polvilhar com queijo.



Colocar no copo limpo a água, fechar e colocar a Varoma com o tabuleiro. Programar 20 Min / Varoma / Vel 2.

Podem aproveitar e cozer arroz no copo, colocando-o no cesto, e é tudo preparado ao mesmo tempo. Foi o que fizemos... Refeição prática e ideal para pôr a fazer e ir dar banho ao nosso Bebé Cozinheiro. ;)




A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

10 de agosto de 2013

Aos Leões! # Bolo de Framboesas


Estou rodeada de Leões na minha vida, sobretudo dos de signo... A minha Madrinha, a minha Kikimana (um nome que a minha melhor amiga e eu encontrámos na infância para chamar-nos uma à outra "querida irmã", já que o somos de coração, mas não de sangue), o meu "cunhado", as minhas colegas de trabalho (atuais e antiga)... Até a minha Afilhada decidiu ser uma leoa (sim, podem dar-me os parabéns! <3 (Já) Sou Madrinha)!

E hoje, dia 10, é o aniversário de uma amiga virtual, mas que está presente na minha vida como uma irmã e essa vocês conhecem. É a Mena, do blogue As Aventuras de uma Mamã. Gostava tanto de hoje também ter estado com ela! E estive, mas não fisicamente. Acordei cedo -  para um sábado - e preparei um bolo como se depois fosse ter com a Mena para a festa de aniversário.

É um bolo simples e modesto de aparência, mas leve, mesmo bom para uma tarde de Verão... Cortámo-lo aos quadros e assim até parece que não se está a cometer nenhum pecado...

Parabéns, mais uma vez, querida Mena! Muitas Felicidades, que nós estamos cá para vê-las todas!




Bolo de Framboesas
Adaptação: Mariana Culinária, n.º 64


Ingredientes:

175 g de açúcar (Na receita original são 300 g.)
220 g de manteiga (à temperatura ambiente)
5 ovos
300 g de farinha (usei com fermento)
1 colher de chá de fermento em pó
Raspa de 1 limão
100 g de framboesas


Preparação:

Comecei por tirar 100 g de framboesas do congelador e pô-las à temperatura ambiente.



Depois untar com margarina um tabuleiro com medidas aproximadas dos 25 x 15 cm (o nosso é ligeiramente maior), polvilhar com farinha e reservar.

Ligar o forno a 190º C, para pré-aquecer.

Colocar o açúcar e a manteiga num recipiente e interligar, com a ajuda de uma batedeira eléctrica, até deixar de se sentir e ouvir o granulado.




Adicionar os ovos e misturar bem, ainda com a batedeira.



Peneirar a farinha e o fermento e juntar ao preparado anterior, assim como a raspa do limão. Envolver tudo com a ajuda de uma vara de arames.



Verter a massa para o tabuleiro e espalhar com a ajuda de uma espátula. Distribuir as framboesas pela massa e levar ao forno durante 30 minutos.



Depois de cozido, retirar o bolo do forno e deixar arrefecer bem antes de desenformar.



Na receita original - a revista Mariana Culinária conta com receitas testadas e aprovadas pelos Chefes Hélder Diogo e Carlos Rosa - as extremidades do bolo são aparadas com uma faca de serrilha e depois polvilhado abundantemente com açúcar em pó. O bolo ficou tão lindo que fugi das calorias extras, não aparei e transformei em Quadrados de Framboesas.



A massa ficou espectacular e o contraste entre o doce (o açúcar que utilizámos foi suficiente) e as framboesas é muito do nosso agrado. Esperamos que seja do vosso! Sirvam-se e juntem-se à festa!





A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

7 de agosto de 2013

Flan # Nigella Lawson

Segundo a Nigella, este flan é uma "ridiculous simplification" de um pudim tradicional mexicano. E eu simplifiquei um pouco mais, reduzindo no tempo de preparação ao utilizar açúcar caramelizado de compra.

"Não é menos delicioso por ser fácil de fazer." E olhem que esta frase da Nigella tem tudo a ver com o Da Nossa Cozinha.  Há blogues de culinária com fotos lindas e profissionais, dignas de livros. São blogues aspiracionais porque nos permitem sonhar e levam-nos para fora da realidade (sobretudo quando olhamos para a nossa cozinha depois do jantar ao fim de um dia de trabalho - já nem falo das lides domésticas, crianças...).

E depois há os blogues mais em formato de diário, que registam o que se passou numa cozinha real. O Da Nossa Cozinha está aqui, sem dúvida. Não nos importamos - aliás, fazemos questão - de (também) apresentar receitas easy peasy, do dia-a-dia, que nos convencem pelo sabor. E porque às vezes basta uma dica para facilitar, encurtar caminho ou lembrar um prato que há muito tempo não se faz e só isso é uma preciosa ajuda (para nós, pelo menos, é!). Quem tem babies - o Bebé Cozinheiro tem 2 anos e 9 meses - sabe a aventura que é... Bem, esta é a nossa cozinha, com muito amor, cozinheiros amadores que são os Chefs cá de casa e as fotos possíveis... ;)

Nós gostamos dos dois tipos de blogues - vejam As Cozinhas que Visitamos e comprovem - e tiramos o melhor dos dois mundos!

Vamos lá ao flan, que a preparação é rápida. O tempo de confecção não, mas permite-nos pô-lo no forno e ir fazer outras coisas. E vale cada minuto de espera, que é uma gulodice pegada...



Flan
Adaptação: Nigella Express

Ingredientes:

1 lata de leite evaporado (410 g) (Na receita original é utilizada uma de 340 g) 
1 lata de leite condensado (397 g)
3 ovos L
2 colheres de chá de extracto de baunilha
Açúcar caramelizado de compra

Preparação:

Ligar o forno a 170º C.

Forrar com o açúcar caramelizado o recipiente para ir ao forno, não muito alto, e reservar. Utilizámos estes dois:



Ferver água e colocar num tabuleiro maior, que permita cozer no forno o pudim em banho-maria. Reservar (pode-se colocar dentro do forno, mas não o fiz porque a parte que se segue é rápida).

Colocar num taça o leite evaporado (pus a lata toda porque se não o fizesse ia-se estragar), o leite condensado, os ovos e o extracto de baunilha e misturar bem. Utilizei a batedeira eléctrica, mas assim que o preparado esteja homogéneo parar.

Colocar os recipientes no tabuleiro grande com a água quente e enchê-los com este preparado. Vai ao forno 45 a 50 minutos ou até que esteja firme e cozinhado.


Antes de entrar no forno

Quando estiver no ponto retirar do banho-maria e deixar arrefecer completamente. Por fim, colocar o pudim no frigorífico toda a noite (foi o nosso caso) ou por 4 horas.


Depois de estar no frigorífico e antes de desenformar

Já desenformado
Para desenformar passei uma faca em toda à volta até ao fundo, virei para um prato com capacidade para receber também o caramelo, abanei um pouco para soltar e... Todos para mesa, que o Flan está uma perdição!





A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

6 de agosto de 2013

Sopa de alface

Tenho andado com dificuldade em "desligar o botão", que a minha cabeça anda a mil. E sabem como é que o consegui? A cozinhar! Nada de sofisticado, mas tudo muito saboroso. Saboroso e sopa de alface não combina? Desenganem-se. Até o Bebé Cozinheiro adora.

Ah, e outra coisa boa que me tem ajudado também a acalmar os pensamentos é meditar um pouco todos os dias. Descobri um grupo no Facebook - o my zen moment - graças à Magda do Mum's the Boss (lembram-se da Magda? Se não, está aqui) e estamos a dar os primeiros passos. Quem quiser juntar-se a nós é bem-vindo(a)! 

Agora vamos à sopinha...

 

Sopa de alface

Ingredientes:

65 g de alface
140 g de cebolas
75 g de cenouras
160 g de batatas
3 dentes de alho
Sal q.b.
500 g de água
30 g de azeite


Preparação:

Lavar as folhas de alface, parti-las em pedaços eliminando o talo e reservar.

Descascar as cebolas, as cenouras e as batatas, lavar, cortar aos pedaços e colocar no copo da Bimby. Juntar os alhos descascados, a água, o sal, o azeite e, por fim, a alface - tudo no copo. Programar 25 Min / Varoma / Vel 1.

No fim programar 1 Min / Vel 9.

É assim que faço a sopa de alface cá em casa, uma adaptação da receita que consta no livro base Bimby - As Receitas Essenciais. Embora não renda muito é uma delícia! O Cozinheiro já tentou dobrar a receita, fica bom, mas não é a mesma coisa...

Quem quer provar? :)

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

2 de agosto de 2013

Bavaroise de morango


Morangos, morangos e mais morangos! Que perdição! Cá por casa usaram-se os mais maduros para uma bavaroise, que foi logo à partida colocada em tacinhas e sem molho, que isto de ser gulosa no Verão tem que se lhe diga! Há que saber viver, não é verdade? Mas não se sentiu a falta, que a textura e o sabor são tão ricos...

Bavaroise de morango

Ingredientes:

10 folhas de gelatina neutra, cortadas em pedaços
Água q.b. para hidratar
150 g de açúcar (receita original: 250 g)
500 g de morangos
500 g de natas com 35% de gordura, frias

Preparação:

Colocar as folhas de gelatina numa tigela com água fria para hidratar. Reservar.

Colocar o açúcar no copo da Bimby e pulverizar 10 Seg / Vel 9.

Juntar os morangos e programar 1 Min / Vel 9.

Escorrer e espremer bem a gelatina e levá-la ao micro-ondas durante 20 segundos para derreter.  Programar 15 Seg / Vel 3 e adicionar à mistura anterior a gelatina derretida. Retirar e reservar.

 


No copo limpo inserir a borboleta, colocar as natas e bater 2 Min e 30 Seg / Vel 3. tem de se ter em atenção para que não passem a manteiga. Coloquei três pacotes de nata no congelador durante 20 minutos antes de as usar.




Em vez de envolver no copo da Bimby as natas e os morangos com a ajuda de uma espátula adicionei as natas no recipiente onde estava reservada a mistura dos morangos e envolvi.



Verter para tacinhas ou para uma forma com aro amovível com cerca de 22 cm de diâmetro, previamente passada por água fria, e levar ao frigorífico até solidificar.





Fonte: Momentos de Partilha, Maio de 2013


Não está fácil vir aqui ter convosco... Mas estamos vivos e gostamos muito de vocês! <3
Beijinhos e até breve!


A Cozinheira

Da Nossa Cozinha