30 de setembro de 2013

O Bolo de Chocolate mais Fácil e Rápido e Parabéns a'O Barriguinhas

Olá!
Vocês devem achar que somos os bloguers mais desnaturados à face da terra... Não somos. Podemos ser os mais esgotados e ainda por cima adoentados - atacados por uns "bichinhos" que o Bebé Cozinheiro trouxe logo nos primeiros dias da sua incursão no Jardim de Infância -, mas desnaturados não, que vamos dando sinais de vida (e Da Nossa Cozinha) pelo Instagram. Melhores tempos virão (esperamos, para o bem da nossa saúde física e mental!), pensamento positivo!


Fiquem com este bolo que preparei para o aniversário d'O Barriguinhas. Não foi a tempo de participar no passatempo, mas conta a intenção! Parabéns pelos 3 anos de blogue e que estes se multipliquem infinitamente... E nós a vermos! Hehehe!


Imagem d'O Barriguinhas


O Bolo de Chocolate mais Fácil e Rápido
Receita do blogue Arte e Manha

Ingredientes:

4 ovos
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de farinha
1 chávena de óleo
1 chávena de leite
1 chávena de chocolate em pó
1 colher de sobremesa de fermento em pó

1 chávena = 200 ml

Preparação:

Untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha. Reservar.

Aquecer o forno a 180º C.

Bater os ovos com o açúcar até formar um creme.

Adicionar os restantes ingredientes e bater por mais uns minutos.


Verter para a forma e levar a cozer por cerca de 45 minutos (fazer teste do palito).



O antes...


... E o depois!




A receita original ensina a fazer a cobertura e tudo! Nós como não caminhamos para magros abdicámos dessa parte... É que com cobertura fica um bolo de aniversário magnífico e económico. Sim, que se pusermos num mealheiro o dinheiro que poupamos a fazer certas coisas em casa, ficamos com um pé de meia simpático. Fica uma conversa para outro dia, que agora está na altura de comer uma bela fatia e brindar a'O Barriguinhas! Está fofinho, não está?...
 

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram


19 de setembro de 2013

Patê de Mexilhão e a Rota de Tapas Estrella Damm

Sabiam que começa hoje a 2.ª edição da Rota de Tapas Estrella Damm, em Lisboa, mais concretamente, pelas ruas de Alfama, Bairro Alto e Príncipe Real? Calma, têm até ao dia 6 de outubro para tapear enquanto desfrutam de uma cerveja Estrella Damm. São 35 os estabelecimentos aderentes à iniciativa, por isso, partam à aventura, que nós vamos fazer o mesmo. Ficam a saber que cada espaço oferece uma tapa única criada para o evento, acompanhada de uma Estrella Damm de 0,25L, a um preço fixo de 3 €.



Como sabem, a nossa semana tem sido intensa. E não é que no meio da azáfama recebemos um convite que nos deixou imensamente felizes? Participar no Show Cooking para apresentação deste evento! OMG! Infelizmente, não conseguimos alterar os nossos compromissos profissionais de modo a pelo menos um de nós marcar presença. O Cozinheiro tinha uma cirurgia marcada e eu uma reunião fora de Lisboa.

O Show Cooking de tapas realizou-se ontem no Duetos da Sé, em Alfama, e teve como anfitrião do evento Carlos Laia. Foram confeccionadas e degustadas tapas criadas especialmente para acompanhar uma Estrella Damm. Ficámos tão tristes de não poder ir... Logo nós que adoramos petiscos e acompanhados por uma boa bebida então...

Mas sabemos que tapas foram preparadas no Show Cooking... Só para ficarem com água na boca:

- Moelas à duetos
- Crocante de morcela com maçã caramelizada
Queijo de cabra gratinado com salada de frutos dos bosques
- Peixinhos da horta com maionese de coentros
- Ovos mexidos com farinheira
- Espetada de fruta com creme queimado


Espetada de fruta com creme queimado

Este post é para agradecer o convite e retribuir com um patê delicioso - dica da querida C. - e ainda de Verão que deixamos como sugestão para tapear com uma Estrella Damm. 




Patê de Mexilhão
 
Ingredientes:
1 lata de Mexilhão em Escabeche da Pitéu
7 tiras de delícias do mar
2 triângulos de queijo A Vaca que Ri
Maionese a gosto
 

Preparação:
Escorrer o mexilhão e colocar num triturador, juntamente com os restantes ingredientes e triturar. Adicionar mais maionese se necessário.



Ah, para quem não conhece a cerveja Estrella Damm:
É conhecida como a cerveja de Barcelona e está à venda em Portugal desde 2012, sendo distribuída pela Sumol + Compal. É uma cerveja lager, do estilo pilsener, reconhecida internacionalmente por inúmeros prémios.

Encontramo-nos em Alfama, no Bairro Alto ou no Príncipe Real?

A Cozinheira

 
Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram
 

17 de setembro de 2013

Amêijoas à Bulhão Pato

Cucu!
Estamos vivos, calma! Atolhados em trabalho, mas (ainda) respiramos...
Ontem recebemos uma surpresa tão boa - espero poder contar em breve - que aqui estou, deite-me às horas que forem.
O Verão termina em breve, mas enquanto os dias quentes continuarem a aparecer há muitos petiscos por aqui, como este que se segue e que já é  "prato da casa", são tantas as vezes que o fazemos. Easy-peasy e de comer e chorar por mais... Preparem o pão, que o molho chama-nos! E ponham as bebidas no frigorífico a refrescar!

A receita descobri-a no blogue da querida Luísa Alexandra, que adaptei reduzindo a gordura, eliminando o sal e pimenta e usando coentros em vez de salsa.






Amêijoas à Bulhão Pato

Ingredientes:

1 kg de amêijoas vietnamitas congeladas
80 g de azeite
6 dentes de alho
150 g de vinho branco
Coentros picados q.b.
Sumo de um limão

Preparação:


Descascar os alhos, colocá-los no copo da Bimby e picar uns segundos na Vel. 6.

Adicionar o azeite e refogar 5 Min / 100º C / Vel. 1.


Juntar o vinho branco ao refogado, colocar as amêijoas na Varoma e a mesma em cima do copo e programar 25 Min / Varoma / Vel. 1.

Retiram-se as amêijoas já abertas e colocam-se num recipiente, deitando por cima o molho que está no copo, coentros picados a gosto e o sumo de limão.




Tchim-Tchim!

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram

6 de setembro de 2013

Guest Post # Taças da Tentação do Histórias e Aromas

Gostámos tanto de conhecer a Cláudia do blogue Histórias e Aromas! Quem é que lhe consegue resistir?! Quem não teve oportunidade de ler ontem pode fazê-lo aqui.

A música que a Cláudia elegeu para banda sonora deste guest post é de um artista que a acompanhou na adolescência, tanto nos momentos alegres como nos tristes, nos de sucesso e nos de fracasso. Melendi: Tu Jardín con enanitos.
 
O Da Nossa Cozinha é teu, querida Cláudia!



Hoje a ocasião é de um momento alegre, alto e de sucesso!
Alegre porque temos de encarar assim a vida, alto porque estou numa fase maravilhosa da minha vida e a música em certa parte relata esse momento (para as mais atentas)e de sucesso porque tive a oportunidade de contribuir para este projecto maravilhoso!


Foi com um enorme prazer que recebi este convite por parte da querida Ana, não estava nada à espera! E quando nos surgem convites assim o nosso empenho é 100% a dobrar.

A receita que trago até este mundo maravilhoso é super fresquinha e dedico a todas/os vós que nos visitam hoje!


 


Taças da Tentação

Personagens para as taças :
- 100 g de chocolate preto em barra
- Papel de alumínio
- Uma taça para molde
- 1 copo para molde


Personagens para o Recheio :
- 150 g de morangos
- 1 iogurte de frutos silvestres de soja
- 50 g de gelo


Reza a História que :

- Levamos o chocolate a derreter em banho maria;
- Cortamos 2 quadrados com cerca de 25 cm em papel de alumínio, viramos a taça para baixo, colocamos o papel por cima e moldamos o papel à taça. Reforçamos com o 2.º quadrado de papel de alumínio;


- Cortamos 4 quadrados mais pequenos, viramos o copo para baixo e moldamos um quadrado, reforçamos com mais um e repetimos a operação para os restantes;

- Depois do chocolate derretido, coloca-se uma colher de sopa de chocolate no fundo da taça em papel de alumínio e cobre-se as suas paredes, fazemos igual para os restantes e reserva-se no frigorífico (eu fiz com um dia de antecedência para ganhar mais consistência);

- Cortamos os morangos e levamos a congelar;

- No liquidificador juntamos os morangos congelados, o iogurte e o gelo e tritura-se tudo;

- Retira-se as taças do frigorífico e cuidadosamente removemos o papel de alumínio. Colocamos o recheio no seu anterior e estão prontinhas a devorar!

-> Pode-se juntar uma colher de açúcar ao recheio e mudar o tipo de chocolate utilizado.




Quero agradecer por esta oportunidade e dar os parabéns por esta iniciativa!

Gosto de conhecer mais um pouco quem está do outro lado, por isso espero que não desistas deste teu projecto pois é maravilhoso!
Um beijinho enorme e obrigado por estarem desse lado!
 

Cláudia, ainda dizes tu que detestas fazer doces! Se gostasses então não sei o que seria de nós, de balofos! Sim, que as tuas Taças da Tentação voaram num vapt-vupt e estamos a lamber as colheres...

Muito obrigada por teres aceite o desafio do Da Nossa Cozinha e com esta alegria e generosidade! Adoramos o conceito do teu blogue, as tuas receitas, a tua boa disposição e estamos sempre desejosos da próxima receita. Muitas Felicidades para todos os teus projectos!

Se ainda não seguem a Cláudia no blogue e no Facebook, não sabem o que andam a perder...

Um grande beijinho!
A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram 

5 de setembro de 2013

Hoje na Cozinha está... Histórias e Aromas

Um sumo de laranja natural é a sua bebida preferida e adora Arroz de Marisco. O Alentejo está-lhe no sangue, assim como o sorriso nos lábios. É positiva e de bem com a vida. O facto de acordar e sentir-se bem alimenta-lhe a boa disposição. Parece fácil, não é? Temos muito a aprender com a Cláudia, 26 anos, do Histórias e Aromas.

- O que te faz rir, Cláudia?
- Quase tudo, há dias em que tudo é motivo para isso.

Com um grande sorriso  - nosso e da nossa querida blogguer convidada - Hoje na Cozinha está... Histórias e Aromas.





PERFIL
Nome: 
Cláudia Lameiras
Idade: 26 anos. Nasci a 27 de Outubro de 1986.
Naturalidade: Elvas

Blogue: http://historiasearomas.blogspot.pt/ (1.º post: 15.10.2012)
Prato que te sai sempre bem: Bacalhau com Espinafres e Gambas.
Tens sempre tempo para:  Brincar com o meu "quatro patas" e namorar. É muito importante sair da rotina do dia-a-dia e dedicar algum tempo a quem nos alegra a vida.


 

Cláudia, por que criaste o Histórias e Aromas?

Criei o Histórias e Aromas porque adoro cozinhar e amo partilhar. Não quero o Histórias e Aromas como mais um blogue de culinária, quero-o como o meu blogue de inspiração, de desafio pessoal.


 Quem é a Cláudia no dia-a-dia?

A Cláudia no dia-a-dia é uma rapariga super positiva, sempre com um sorriso para dar e muito emotiva. Explode facilmente, mas no seu interior e tenta não afectar ninguém. É muito reservada e há dias em que nem liga a televisão, prefere ficar a ouvir música, pois assim pode sonhar com o seu mundo (sim, porque sonhar mantém a alma viva). 



Licor de Menta Laranja

 De onde é que surgiu a paixão pela cozinha?
Quando entrei para a faculdade, o bichinho da cozinha picou-me e desde aí a divisão que mais tempo me ocupa é a cozinha. E quando não sei como se faz pego no telefone e ligo para a mãe ou para a avó - estes conselhos são mais que sábios. (sorriso)  

Bruscheta com Queijo de Nisa



Cozinhas todos os dias? O que te dá mais prazer cozinhar?

Cozinho por norma todos os dias, mas quando o emprego ocupa mais tempo tento organizar as refeições para cozinhar menos vezes. Detesto fazer bolos e doces. O que me dá mais prazer cozinhar são pratos de massas e carne - coloco sempre a minha veia de invenção em acção (o que não quer dizer que saia sempre tudo bem)...

Um enorme desafio para mim é fazer pratos de peixe, não é muito apreciado cá em casa, por isso, tenho de arranjar maneira de comerem sem torcerem o nariz.


Há proximidade entre ti e os teus seguidores (respondes a comentários, a e-mails...)? Porquê? 


Sim, e muita. Afinal de contas são eles que nos dão vontade de fazermos mais e melhor, inclusive há amizades que vão crescendo e ficando muito fortes. Não há amigos como havia antigamente, por isso, é uma dádiva encontrar relações deste tipo neste enorme mundo.


Queques de Meloa
O que te leva a partilhar uma receita?


Partilho o que me dá prazer fazer e espero que do outro lado isso se perceba.



Caracóis de Dois Queijos
O que dizem as tuas mãos?

Ui, isso agora... (sorriso) As minhas mãos são uma das partes mais importantes para mim. É graças a elas que consigo saciar esse meu prazer de cozinhar e tornar um simples alimento em muito mais. As minhas mãos são um dos espelhos que a minha alma possui. Dou todo o valor e mais algum a esta parte de mim. São as minhas maiores amigas e inimigas...


E
amanhã há receita da Cláudia no Da Nossa Cozinha!

Obrigada, querida Cláudia, por seres esse spot de luz nesta imensa blogosfera e por trazeres a tua cozinha, tão tua e tão boa, até nós!


Um grande beijinho para todos,

A Cozinheira

 
Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram
 

3 de setembro de 2013

Cogumelos Da Nossa Cozinha # Entrada


Setembro é um mês importante cá em casa e este, de 2013, marca o início de uma nova etapa. Setembro vai ser bom...

Andamos em "lume brando" por aqui, que há ideias a florescer, decisões a tomar... Se conseguíssemos postar ao ritmo do que sai Da Nossa Cozinha... Mas não conseguimos, por isso não vale a pena stressar. Embora passemos uma boa parte do nosso tempo a cozinhar, também gostamos muito de (con)viver.

Comprámos estes belos e generosos cogumelos e não resistimos a preparar esta entrada. É simples, não demora muito a confeccionar e fica sempre bem.





Cogumelos Da Nossa Cozinha

Ingredientes:

4 cogumelos grandes
4 rodelas de chouriço
1 dente de alho picado
4 fatias de queijo Chèvre Palhais
Azeite q.b.
Tomilho q.b.


Preparação:

Lavar e enxugar bem os cogumelos e descolar as bases dos cogumelos. Reservamos os "chapéus" dos cogumelos e picamos os "pés", que colocamos numa frigideira pequena.

Cortar as rodelas de chouriço em pedaços pequenos e colocar também na frigideira, juntamente com o alho, um fio de azeite e tomilho no bico pequeno em lume alto. Quando cozinhado encher os cogumelos com este preparado e pôr um fio de azeite em cada um. 





Cortar 4 fatias de queijo Chèvre e pôr no topo.






Levar ao forno ou colocar na Actifry durante 10 minutos (ir vigiando e retirando os que cozinharem primeiro).




Sem o queijo já é Bom, mas com o Chèvre... Muito Bom!
Aquele beijinho!

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha