29 de dezembro de 2013

Bifes com molho de café

Espero que estejam bem, que os últimos dias do ano são uma correria. Primeiro preparar tudo para um Natal o mais feliz possível e, num ápice, quando reparamos estamos quase na Passagem de Ano. Há que voltar a pensar nos preparativos e recomeçar de novo... 

Cá em casa o Réveillon costuma ser bem mais calmo desde que o Bebé Cozinheiro nasceu - e que bem que nos sabe! Eu adoro a nossa casa (leia-se: ninho) e não a trocava por praticamente nada nesta época do ano. Excepção nacional: Serra da Estrela e num hotel específico que há em Unhais da Serra; excepção internacional: Nova Iorque. 

Guardei uns dias de férias para esta altura, para respirar e para preparar o Novo Ano com serenidade. 2014 é um ano de acção, para concretizar, sabiam? 

Para "limpar o palato" entre festividades decidi fazer Bifes com molho de café na Bimby. 



Bifes com molho de café

Fonte: Revista Bimby - Momentos de Partilha, Março de 2012


Ingredientes:

100 g de margarina
500 g de bifes de novilho cortados ao meio (usei 300 g e como eram pequenos não cortei)
50 g de vinho branco
100 g de água
1 cubo de caldo de carne
Pimenta q.b.
200 g de natas (usei um pacote de natas de 200 ml)
2 colheres de chá de café solúvel
1 colher de sopa de farinha (tipo 65)

Preparação:

Colocar a margarina no copo e programar 3 Min / Varoma / Vel 1.


Adicionar os bifes e programar 3 Min / Varoma / Velocidade Colher Inversa / Velocidade Colher.

Depois adicionar o vinho, a água, o cubo de carne e a pimenta, envolver bem com a ajuda da espátula e programar 15 Min / Varoma / Velocidade Colher Inversa / Velocidade Colher.



Ao fim deste tempo colocar as natas e o café e programar 5 Min / Varoma / Velocidade Colher Inversa / Velocidade Colher. Retirar os bifes do copo e reservar.

Por fim, adicionar ao molho a farinha e programar 4 Min / 100º C / Vel 4. 


Servir os bifes de seguida, com o molho. 
Acompanhar com arroz branco ou batatas fritas.


Bom apetite!

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram

25 de dezembro de 2013

Porque o mundo pode ser novo... Feliz Natal!

Disseram-nos que queres nascer outra vez...
Meu Deus, que loucura!
Não vês o que somos, o que fazemos?
E, no entanto, Tu queres vir...

Imagino que, com teu gesto de persistência, 
ao voltar em cada Natal,
pretendes dizer-nos isto:
que o céu está sempre aberto,
que há estrelas para iluminar o caminho,
que há anjos humanos ao nosso lado,
que podemos ser ternos como crianças,
que o mundo pode ser novo,
que Deus é Pai e Mãe,
apesar do nosso desvario...

Wibarri (excerto - traduzido e adaptado por M. Nóbrega)


Feliz Natal

A Cozinheira e O Cozinheiro

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram

21 de dezembro de 2013

Guest Post # O Bolo de Laranja do Mum's the Boss

E aqui está ele, o guest post da Magda, do Mum's the Boss. Já foram ao blogue e já fizeram like no Facebook? Quem perdeu a entrevista de ontem está aqui.

A Magda não tem músicas favoritas, assim como não consegue escolher o seu livro favorito ou filme. Deixa-nos o CD que ouve com frequência no seu PC (cliquem para descobrir):




Fiquem agora com a Magda...


Todos temos memórias sensoriais. Ou um cheiro, ou um som/música, ou o toque ou o sabor de qualquer coisa...

Há dias pedi à minha mãe a receita do bolo de laranja dela- entenda-se 'O' bolo de laranja. Era o bolo que ela fazia (e faz) sempre que havia uma ocasião para se celebrar. Um aniversário (então aqui era certinho direitinho), Natal, e aos Sábados, quando lhe apetecia. Na cozinha a minha mãe nunca foi de inovar ou tão pouco de arriscar. Lembro-me muito bem do som do raspar da laranja, da batedeira. Mas do que eu me lembro mesmo mas mesmo bem é do sabor da massa.

Hoje fiz esse bolo - não foi a primeira vez, mas tirei a tarde para saborear o tempo - e voltei ao passado como nunca antes me tinha acontecido.

Logo à noite vamos comer 'O' bolo de laranja, à sobremesa. E eu certamente vou voltar à infância. 

São coisas destas que eu gosto de partilhar com a infância da minha filha. Infância com infância.

Da próxima vez que fizer 'O' bolo, só há uma coisa que faço diferente da que eu fiz hoje - coloco-o numa forma redonda! Porque o original é servido assim, e com açúcar em pó, por cima. Há coisas que não devem ser inovadas ou alteradas. 'O' bolo é uma delas.


Escrito neste dia



'O' Bolo de Laranja


Ingredientes:



200 g de manteiga

6 ovos
300 g de açúcar
300 g de farinha
2 colheres de café de fermento
1 laranja

Preparação:

Misturar a manteiga e a raspa da laranja.
Ovos um a um e bater.
Por esta ordem, enquanto bates: açúcar, farinha, fermento e sumo de laranja.
Forno a 180ºC até estar douradinho por fora!


Ai, eu quero uma fatia! Obrigada, Magda, por tudo. Sobretudo, por seres uma inspiração.

Um grande beijinho!
A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram

20 de dezembro de 2013

Hoje na Cozinha está... Mum's the Boss

Este "Hoje na Cozinha está..." é o último de 2013 e encerra um ciclo de entrevistas e guest posts com bloguers fantásticos, que profundamente admiro. A TODOS* um muito obrigada pela participação nesta rúbrica. Não é um "adeus", é um "até breve", que estamos a preparar novidades para 2014. Esta (re)aparecerá em tempo oportuno.

*TODOS:

- Mundo Gastronomic!
- As Aventuras de uma Mamã
- Uma Pedra de Sal
- As Dicas da Bá
- Receitas para a Felicidade
- Luísa Alexandra
- Histórias e Aromas
- Blog do Chocolate

Fonte: Pinterest

E 2013 termina em beleza. Dezembro é o mês da família e se há blogue a quem associo a palavra família é ao Mum's the Boss. E sabe tão bem lá ir porque irradia positividade. Porque se aprender sempre qualquer coisa. Porque é verdadeiro. Porque, ao contrário de outros blogues que contam uma história perfeita - já sabem que tendo mais para a realidade, que não deve ser infeliz, mas não é perfeita -, este tem  a frontalidade e a coragem de dizer: "baixa as tuas expectativas" em certas alturas, como no Natal.

E a Magda, autora do blogue, está no meu top de "to meet soon". De gargalhada fácil, aquilo que a Magda mais gosta em si é a entrega às coisas quando está apaixonada por elas. Quanto a comida, o que gosta de comer e lhe aconchega a alma são crepes. Hoje na Cozinha está... Mum's the Boss.


PERFIL
Nome: 
Magda
Idade: 35 anos
Naturalidade: Porto

Blogue: http://mumstheboss.blogspot.pt/ (1.º post: 25.04.2010)
Prato que te sai sempre bem: Ai, isso é uma lotaria!
Tens sempre tempo para: Escutar os meus filhos. Sempre!


Magda, por que criaste o Mum's the Boss?

Para contagiar e inspirar os pais, de forma positiva, para a sua missão enquanto educadores. Quero que saibam que há alternativas ao old fashioned way. Ninguém nasce ensinado. E confesso, quero deixar este mundo um sítio melhor e por isso preciso da ajuda de todos os pais.

Para quem não conhece o blogue, indica 3 motivos por que é imperdível.

O tom é leve e ao mesmo tempo incisivo. Directo. Não há floreados.
Foco coisas sobre as quais por vezes não pensamos.
Preciso da ajuda de todos os pais e educadores para deixarmos este mundo um sítio melhor.

 Quem é a Magda no dia-a-dia?

É uma curiosa. Leitora compulsiva. Com paciência para miúdos e pouca para birras de adultos. Sempre a mil na cabeça. E com um rumo definido.  

 Gostas de cozinhar? É uma paixão ou uma necessidade? 
Gosto de cozinhar e depende das fases. Já foi uma paixão, já foi necessidade, já foi take away durante muito tempo... Mas sempre convencida de que cozinhar é um acto de amor.
  

 Cozinhas todos os dias? O que te dá mais prazer cozinhar?

Não cozinho todos os dias. O que me dá mais prazer é preparar uma festa, um almoço ou jantar entre amigos e servir algo inesperado. Como um gelado de dióspiros, por exemplo. 

Há proximidade entre ti e os teus seguidores (respondes a comentários, a e-mails...)? Porquê? 

Claro! Por que razão não responderia? Respondo a toda a gente, por vezes com muito tempo de diferença, mas, se me escrevem é porque querem partilhar algo comigo e eu fico tão feliz que o façam e tenham vontade de o fazer.

O que te leva a publicar um post (esclarecimento/mais-valia para os seguidores, necessidade de comunicar...)?

O blogue existe para ajudar, inspirar, espicaçar, provocar, tornar feliz. É isso que me inspira.


O que dizem as tuas mãos?

The beauty is in the eye of the beholder.


E
amanhã há receita da Magda no Da Nossa Cozinha!

Estou tão feliz por tê-la aqui!


Um grande beijinho para todos,

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha

10 de dezembro de 2013

Sablés de Nutella

Tinha esta receita guardada em modo rascunho há muito, muito tempo... E hoje lembrei-me dela e da Mena, do As Aventuras de uma Mamã, porque os gémeos fazem hoje 5 aninhos - Parabéns, novamente!. Apetecia-me agora um café e um Sablé de Nutella. Hoje é o dia! Quem me faz companhia?
 

 
 
Sablés de Nutella

Adaptação daqui
Ingredientes:

3 gemas de ovo
80 g de açúcar em pó
125 g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
200 g de farinha
1 pitada de sal

Nutella q.b.

Preparação:
Misturar bem as gemas, o açúcar e a pitada de sal. De seguida adicionar a manteiga em cubos.
 

Por fim, juntar a farinha e amassar com as pontas dos dedos até obter uma massa homogénea. Guardar no frigorífico durante 20 minutos.
Ao fim deste tempo ligar o forno a 180º C, para pré-aquecer, e forrar o tabuleiro do forno com papel vegetal anti-aderente.
Retirar a massa do frigorífico e fazer pequenas bolinhas - segundo  a Mena, com cerca de 15 gramas - e colocar no tabuleiro.
Com a ponta de uma colher de pau ou com um dedo - no nosso caso, dedo - fazemos um buraco no meio e levamos ao forno durante cerca de 10 minutos, até ganharem cor. Retirar do forno e deixar arrefecer.



Entretanto, colocar duas colheres de sopa de Nutella num recipiente e levar uns segundos ao micro-ondas para amolecer. Com uma colher de café rechear os sablés. Et voilà!





É também uma oferta simpática de Natal, não acham?

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram

7 de dezembro de 2013

Mini-Mousses de Chocolate Surpresa # Desafio Mestre Cuquinha

Temos sido bastante acarinhados pelo Receitas sem Fronteiras, que criou o Desafio do Mestre Cuquinha, já na 3.ª edição, desta vez dedicada ao chocolate. Hoje é o último dia e cá estamos nós com uma receita original criada para este desafio. Espero que gostem tanto quanto nós, que delirámos com a parte "surpresa". 

Alguém por aqui é da geração de 80, para além de mim? Lembram-se das Peta Zetas? E dos estalinhos na boca? Pois é... Agora imaginem começar a provar esta mousse de chocolate e ao fim de uns segundos o sabor e os estalinhos começarem. É o delírio! É essa a surpresa... Experimentem e comentem!



Mini-Mousses de Chocolate Surpresa

Ingredientes:

100 g de chocolate de culinária
25 g de manteiga à temperatura ambiente
70 g de queijo mascarpone
2 ovos
1 Crazy Dips Chupa Chups de Morango
1 Crazy Dips Chupa Chups de Cola
Pepitas multicores q.b.
Bolachas-Maria em pó q.b.


Preparação:

Partir o chocolate em pedaços, juntar a manteiga e colocar num recipiente em banho-maria até derreter. Ir mexendo até ficar homogéneo. Reservar.



Separar as gemas das claras e bater estas últimas em castelo. Reservar.



Colocar o queijo e as gemas numa taça e bater até estar cremoso e homogéneo. Adicionar o preparado de chocolate e bater com a batedeira eléctrica. Quando estiver tudo bem misturado, juntar metade das claras em castelo e bater novamente (no mínimo) e repetir. E a mousse já está pronta!

Encher com mousse de chocolate 2/3 de seis copos de plástico transparentes de café. 




Para as Mini-Mousses de Chocolate Surpresa de Morango

Abrir o Crazy Dips Chupa Chups de Morango, do qual só vamos utilizar o pó efervescente (leia-se: Peta Zetas) e vamos dividi-lo por três dos copos. Convém que o façam com uma colher seca, para preservar o efeito surpresa. Quando as Peta Zetas entrarem em contacto com a mousse vão ouvir alguma efervescência, mas tranquilos que ainda fica muita guardada. 

Encher o 1/3 dos copos com mousse de chocolate e enfeitar com pepitas multicolores.



Para as Mini-Mousses de Chocolate Surpresa de Cola

Colocar uma camada fina de bolacha Maria nos copos, por cima da mousse, dividir as Peta Zetas de Cola pelos três copos, colocar nova camada de bolacha Maria e, finalmente, cobrir com mousse de chocolate.



Levei ao frigorífico durante 2 horas, mas arrisco a dizer que se pode comer logo, que é uma gulodice! Óbvio que provei as duas mini-mousses! Na primeira sente-se mais o efeito efervescente, na segunda o sabor das Peta Zetas perdura mais. De qual gostei mais? Da primeira. E vocês? ;)


A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram