23 de maio de 2014

Rota de Tapas Estrella Damm # GO!

Adoramos petiscos e ontem fomos bastante felizes na estreia em Lisboa da Rota de Tapas Estrella Damm, que já vai na 3.ª edição e se estendeu ao Porto. Tapear é connosco! Descobrir novos sabores, novos espaços e em boa companhia? Oye! Vámonos! 



Mini Burger Bucha e Estica no Beef & Burger

Até 8 de junho há 27 estabelecimentos em Lisboa (e 16 no Porto) para conhecer. Cada um criou uma tapa única especialmente para este evento, que acompanha uma cerveja Estrella Damm de 0,25 l, por um preço total de 3 €. 



Sabiam que a Rota de Tapas é já uma tradição em Barcelona, cidade onde Estrella Damm nasceu em 1876 e onde a marca é líder? Por isso, não estranhem haver um sorteio de uma viagem para duas pessoas precisamente a Barcelona. Para isso têm de preencher o passaporte destacável do mapa com três carimbos de diferentes locais, deixá-lo na tômbola de um dos restaurantes aderentes e tirar uma fotografia no Instagram com o hashtag #rotadetapas ou fazer o upload da fotografia na tab do Facebook Estrella Damm. Quem ganhar a viagem tem incluída na oferta uma refeição no restaurante Tickets, dos chefs Ferran Adrià, o chef internacional mais premiado e a referência de inovação do mundo das tapas, e Albert Adrià.    

Tapa Rabo de Boi no Tapa Bucho

Locais aderentes em Lisboa:
Prego da Peixaria: Mini hambúrguer de camarão | Origami: Ceviche de salmão | El Tomate: Croquete de alheira | Cone à Portuguesa: Tapa Cone Alentejano | Tapas 52: Pincho de morcela de burgos | Tapa Bucho: Tapa rabo de boi | Beef & Burger: Mini burger Bucha e Estica | Petiscos no Bairro: Pataniscas | Ginginha do Duque: Tapa Duo do Duque | Panorâmico Sol: Tapa Panorâmica | Bellalisa Rossio: Tapa Gonzalez | Bellalisa Elevador: Tapa D. Marisa | Chiado Terrasse: Delícia de Bacalhau | Gallassa Café: Barquinha de Camarão | Equador: Patacón com Guacamole | Remake: Gravelaks Remake | Mascote da Atalaia: Ervilhas com enchidos | Tapas 28: Pincho de Salada Russa | Storik: Rolinho Storik | Tapa Meson Andaluz: Cornucópia | Mercearia Tosca: Tapa 5 estrelas | Velha Gaiteira: Morcela à Velha Gaiteira | Caso Sério: Tapa Farinheira | Duetos da Sé: Moelas à Duetos | Alfândega: Miminhos de Farinheira | Vinho Sem Princípio: Camarão sem Princípio | Big Slice Baixa: Tapa Big Slice

Da esquerda para a direita: Tapa D. Marisa (Bellalisa Elevador);
Miminhos de Farinheira (Alfândega);
Croquete de Alheira (El Tomate);
Camarão sem Princípio (Vinho Sem Princípio)

Agradecemos o convite da Estrella Damm e prometemos que em breve retomamos a Rota de Tapas. Estas tentações aqui em cima estão na mira. Tapeamos?

A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram

14 de maio de 2014

Viv'ó Mexilhão!

Venho partilhar convosco um pequeno prazer gastronómico para lá de fácil de fazer, que me acompanha desde tenra idade: mexilhão.

No concelho de Mafra há a tradição de na Sexta-Feira Santa ir apanhar mexilhão nas praias da Ericeira - acreditem, mobiliza famílias. Por isso, neste dia é hábito na minha família fazer-se um piquenique. Infelizmente, o tempo nos últimos anos tem-nos trocado as voltas pelo que o piquenique acaba por realizar-se na nossa casa, mas sempre com mexilhão!

É um petisco económico, que não demora nada a preparar e é óptimo no Verão. E não precisam de ir apanhá-lo, os hipermercados vendem, como o Continente.





Mexilhão

Ingredientes:

- 1 kg de mexilhão fresco
- Sumo de 1 limão

Preparação:

Lavar o mexilhão e retirar-lhe as "barbas" das cascas, como mostra a minha mãezinha. :)




Colocar dentro dum tacho, com tampa, em lume alto - sem água, sem sal, nada. De vez em quando mexer.



Retirar do lume quando o mexilhão já estiver aberto.
Atenção: se algum não abrir, não consumir, quer dizer que não é fresco.




Verter para o prato de ir à mesa, regar com sumo de limão e servir de imediato.





Depois é cada um eliminar as "barbas" que os mexilhões têm no seu interior e saborear.

Sobre o mexilhão:
Informação retirada do site da Nestlé (ver mais aqui)

Informação nutricional:
 
O mexilhão destaca-se pelas suas proteínas de elevada qualidade, no entanto, inferior à do resto dos moluscos. O teor de gordura é reduzido (inferior a %) o que faz com o que tenha um baixo valor calórico.
Do seu teor em minerais, o mais abundante é o iodo, embora também seja uma fonte razoável de ferro e cálcio. As vitaminas são predominantemente do grupo B, destacando-se o ácido fólico.

Vantagens e desvantagens:
É ideal para pessoas que pretendem perder peso, porque é pouco calórico e tem pouca gordura.
Tal como a maioria dos mariscos, o mexilhão é um potencial alergénio, podendo ser perigoso quando consumido por pessoas susceptíveis às alergias.
Pela sua riqueza em ferro, é um excelente substituto da carne.
O seu consumo deve ser moderado em pessoas que sofrem de problemas cardiovasculares, excesso de colesterol ou hipertensão arterial, devido ao seu teor em sódio.

Bom apetite!


A Cozinheira

Da Nossa Cozinha
Facebook | Instagram