30 de setembro de 2016

Querido, vou às compras #1

Querido, se me estás a ler, ficas a saber que vou às compras lá para casa. Temos uma garrafeira simpática, mas há sempre espaço para mais umas garrafas, não é verdade?

Aqui está a minha seleção:



FIUZA SAUVIGNON BLANC

Região: Tejo
Casta: 100% Sauvignon Blanc
Aroma com notas florais e frutas tropicais.
Paladar fresco a maracujá com uma excelente estrutura.
Boa textura na boca com uma acidez limpa e um final agradável.
Preço (com 30% de desconto): 2,79€ 
Preço habitual: 6,49€




TAPADA DAS LEBRES DE ARRAIOLOS PREMIUM

Região: Alentejo
Lote com alicante bouschet.
Cor intensa de granada. Tostados de madeira em ligação doce e especiada 
com a fruta madura. Encorpado, salivante, de boa mesa de frango e outras aves.
Preço (com 70% de desconto): 3,79€
Preço habitual: 12,99€




ROVISCO PAIS PREMIUM

Região: Península de Setúbal
Lote com touriga nacional.
Cor intensa. Baunilha e especiarias que aromatizam frutos vermelhos e
 algumas notas tostadas. Boca sucrosa de longa duração. 
Parceiro de carnes brancas e comida italiana.
Preço (com 70% de desconto): 3,69€
Preço habitual: 12,49€




PEDRA CANCELA SELEÇÃO DO ENÓLOGO

Região: Dão
Lote com touriga nacional.
Não encontrei descritivo disponível, este é o meu vinho tinto de eleição
(e eu que pensava que era mais Alentejo...).
Preço (com 60% de desconto): 3,85€
Preço habitual: 9,69€


É bom sublinhar que não sou especialista em vinhos, mas uma boa apreciadora e sempre pronta a aprender. Volto a dizer que esta é a minha seleção. E estes vinhos, que vão morar lá para casa, estão em promoção na Feira de Vinhos 2016 do Continente, que está a decorrer até 16 de outubro. Também vão às compras, não vão?




Da Nossa Cozinha


28 de setembro de 2016

Overnight oats [sem açúcares adicionados] com ameixa

Com este calor que se faz sentir sabe bem tomar um pequeno-almoço como este. Não é a primeira receita de overnight oats que vos trago, mas faço questão de partilhar esta porque tem um sabor especial a final de verão no outono, com ameixa.

A grande vantagem para quem tem pouco tempo de manhã é que prepara-se tudo à noite, de véspera, e quando estamos prestes a tomar o pequeno-almoço basta apenas abrir o frigorífico, depois abrir o frasco e... já está! E faz bem e é um pequeno-almoço diferente.



Overnight oats [sem açúcares adicionados]

Ingredientes:

4 colheres de sopa de iogurte grego natural ligeiro
2 colheres de sopa de aveia integral biológica
1 colher de chá de linhaça dourada moída biológica
1 ameixa vermelha cortada aos pedaços (com casca para quem gosta)
Canela em pó q.b. (opcional) 


Antes de entrar para o frigorífico, à noite


Preparação:

Colocar num frasco com tampa pela seguinte ordem: 2 colheres de sopa de iogurte + aveia + 2 colheres de sopa de iogurte + linhaça + ameixa. 
Preparar à noite e colocar no frigorífico até ao dia seguinte de manhã.
De manhã pode-se polvilhar com um pouco de canela em pó.

Experimentem!




Da Nossa Cozinha



25 de setembro de 2016

Bacalhau fresco no forno com azeite biológico e alcaparras com puré da avó e bróculos

Desafio aceite, Iglo Portugal! Aqui estamos depois de termos conhecido hoje um novo produto desta marca, a Tranche Inteira de Bacalhau Fresco. Vamos diretos ao assunto, que às vezes as imagens valem por muitas palavras.
 
 
 

 
O nosso almoço hoje foi Bacalhau fresco no forno com azeite biológico e alcaparras acompanhado por puré de batata da avó e bróculos ao vapor.
 

 
Ingredientes:
 
Para o bacalhau:
1 Tranche Inteira de Bacalhau Fresco Iglo [descongelada previamente]
Sumo de meio limão
Sal marinho q.b.
6 alhos descascados e picadinhos
6 colheres de sopa de azeite biológico [usei Azeite de Moura]
2 colheres de sopa de alcaparras
 
Para o puré de batata da avó:
800 g de batatas descascadas e cortadas
Sal marinho q.b.
2 colheres de sopa generosas de manteiga
Leite meio-gordo bastante quente, acabado de ferver q.b.
1 gema de ovo
 
Para os bróculos a vapor:
300 g de bróculos
 

Preparação:
 
Bacalhau:

Começar por temperar a tranche de bacalhau com sal e o sumo de limão e reservar 30 minutos.


Quando estiver prestes a fazer a meia hora, ligar o forno a 190º C, para aquecer.

Colocar o bacalhau no pirex que se pretende levar ao forno, eliminando o líquido da marinada. Reservar.

Numa pequena frigideira antiaderente colocar o azeite e os alhos bem picados em lume médio até alourar ligeiramente. Retirar do lume e juntar as alcaparras e envolver. Verter cuidadosamente por cima da tranche de bacalhau e levar ao forno cerca de 30 minutos.


Tranche de Bacalhau Fresco prestes a entrar no forno pré-aquecido a 190º C.

 
Puré de batata da avó:

Nota: Quando se inicia o puré de batata temos de o fazer de seguida e até ao fim, já que para ficar bom tem de estar tudo bem quente.

Levar as batatas ao lume com água e sal em lume alto e deixá-las cozer bem.
 
Na reta final das batatas colocar num outro recipiente o leite ao lume até ferver. Reservar.
 
Depois de cozidas escorrer bem a água e colocar parte das batatas no passe-vite e transformá-las em puré. Continuar até passar todas as batatas.
 
Juntar a manteiga ao puré de batata e mexer bem com uma colher de pau (a manteiga vai-se envolvendo, devido ao calor do puré). Se ficar um pouco para derreter, não tem problema, porque vamos juntar agora um pouco do leite fervido, bem quente, que vai tratar disso e dar a consistência que se pretende ao puré de batata. Mexer bem e juntar mais leite, se necessário. Quando se atinge a consistência desejada, prova-se para ver se é necessário retificar tempero [aqui pode-se juntar noz moscada, por exemplo, mas o nosso foi assim simples, como a avó gosta], e quando está no ponto junta-se uma gema de ovo e mexe-se muito bem. Está pronto a servir.
 

Bróculos ao vapor:

Podíamos ter recorrido a tachos, mas usámos a Bimby para cozer os bróculos ao vapor. 1000 g de água no copo, os bróculos na Varoma e temperatura Varoma / 20 minutos / Vel 1.
 
 


O almoço conquistou todos aqui em casa, o que é excelente! Provar um alimento novo - o nosso pequeno crescido de 5 anos nunca tinha comido bacalhau fresco - e gostar à primeira diz muito. E o facto de o bacalhau ser pescado em alto mar e congelado em excelentes condições garante qualidade no prato. Aqui em casa andamos cada vez mais atentos.

Boa semana!


Da Nossa Cozinha